23/09/2014

Suposto vídeo de garota evangélica de 17 anos fazendo sexo agita município de Rondônia

Imagens estão provocando enormes constrangimentos aos pais da menina, que são cristãos tradicionais

A cidade de Colorado do Oeste está “fervendo” há dois dias por causa de um vídeo apimentado, que tem como protagonista uma garota evangélica de apenas 17 anos. O material está circulando na cidade através do whatsapp, ferramenta eletrônica que permite o compartilhamento de vídeos e fotos através de telefones celulares.

A gravação, que segundo quem viu tem quase dez minutos, mostra a moça, membro de uma das igrejas mais conservadoras de Colorado, fazendo sexo oral no parceiro, além de se exibir em várias posições. Os dois aparecem semi-nus numa cachoeira e o vídeo teria sido gravado pelo próprio parceiro da garota, embora não haja confirmação em relação a essa suspeita. Pelos ângulos captados, no entanto, seria muito difícil um terceiro ter feito a produção.

Ainda não se sabe como o material “vazou”, mas o fato é que, segundo moradores da cidade, as imagens estão provocando enormes constrangimentos aos pais da menina, que são cristãos tradicionais.

O local onde ocorreu o ato libidinoso, no final de semana, fica entre Colorado e Cerejeiras, às margens da BR 435. Como o fato aconteceu durante o dia, com o sol a pino, os detalhes da performance do casal são vistos sem dificuldades.

A polícia não confirma se está investigando o caso, mas é bem provável que o Conselho Tutelar entre no caso, uma vez que envolve uma menor de idade.

Folha do Sul Online

Deixe um comentário

Comentários

Publicidade